Sr. Fernão Manuel Marques Gomes

(Deposto e reduzido ao Estado Laical)

 

O Sr. Fernão Manuel Canhão Marques Gomes, nasceu em 17 de Fevereiro de 1947, na freguesia de Guardão – Tondela – Viseu, sendo filho do Senhor Jaime Sucena Marques Gomes, e da Senhora Clotilde do Rosário Canhão. Recebeu o Santo Sacramento do Baptismo na Igreja Católica Apostólica Romana, no dia 05 de Junho de 1947.

Certidão de Baptismo

Mais tarde recebeu o Santo Sacramento do Crisma das mãos de Sua Excelência Reverendíssima, Dom Ernesto Sena de Oliveira, Arcebispo-Bispo de Coimbra, em Maio de 1962. Afirma ter cursado Teologia della Socialità – Instituto Mitici Corporis da Pontifícia Universidade Lateranense – Florença, em Agosto de 1966. Foi membro pleno da Ordem Terceira de São Domingos de Gusmão, tendo recebido o escapulário em Coimbra, no ano de 1965, das mãos do Reverendo Padre Frei Estêvão da Fonseca Faria, assignado à Província de Portugal da Ordem dos Irmãos Pregadores (dominicanos). É sócio-fundador da Academia de Altos Estudos Ibero-Árabes – Assembleia Constituinte – Beja, em Junho de 1996.

Academia de Altos Estudos Ibero-Árabes

Em 02 de Abril de 2006, o Sr. Fernão Manuel Canhão Marques Gomes é recebido oficialmente na Igreja Católica Ortodoxa Hispânica em plena Reunião do Santo Sínodo da Igreja, após a sua Profissão de Fé e Juramento de Obediência; sendo na mesma ocasião nomeado Vigário Primacial da Igreja Católica Ortodoxa Hispânica, pelo Decreto Primacial A076/GP, sendo deposto do cargo por decisão Sinodal de 04 de Outubro de 2014.

Momento da Profissão de Fé

Decreto

Aos 09 de Julho de 2006, recebeu a Sagrada Ordenação Diaconal para a Igreja Católica Ortodoxa Hispânica, das mãos de Sua Beatitude Dom Delberto Constantino Araújo de Aguiar, Arcebispo de Lisboa e Vigário-Geral da Igreja Apostólica Luso-Hispânica (Patriarcado Ortodoxo Russo no Exílio), a pedido do Arcebispo Primaz Katholikos.

Decreto e Momento da Ordenação

Em 22 de Outubro de 2006, o Sr. Fernão Marques Gomes, recebe a Sagrada Ordenação Presbiteral das mãos de Sua Beatitude Dom Paulo Jorge de Laureano (Mar Alexander I da Hispânea), Arcebispo Primaz Katholikos e Presidente, no Laranjeiro – Portugal, numa celebração doméstica na residência de uma generosa fiel da Igreja e na presença de alguns membros do Santo Sínodo Primacial.

Decreto e Momentos da Ordenação

Na mesma ocasião, o Sr. Fernão Marques Gomes, recebeu por privilégio a Sagrada Cruz, sendo agraciado com o título de «Monsenhor» dada a sua posição de Vigário-Primacial.

Decreto

Em 22 de Abril de 2006, recebeu a Consagração Monástica das mãos de Sua Beatitude Dom Paulo Jorge de Laureano (Mar Alexander I da Hispânea), Arcebispo Primaz Katholikos, durante uma Celebração em Lisboa.

Decreto e Momentos da Consagração

Em 03 de Dezembro de 2006, é concelebrante na Sagrada Ordenação Diaconal do Padre-Subdiácono Nuno Palma. No mesmo dia, recebeu o Solidéu Episcopal após ter aceite a Eleição Canónica como Bispo Titular de Tarso, e renovado os seus votos de reverência e obediência ao Arcebispo Primaz Katholikos na presença do Santo Sínodo.

Decreto e Momentos da Celebração

No dia 20 de Maio de 2007, recebeu em Lisboa a Sagrada Ordenação Episcopal das mãos de Sua Beatitude Dom Paulo Jorge de Laureano (Mar Alexander I da Hispânea), Arcebispo Primaz Katholikos e Presidente, tendo como Co-Consagrantes: Sua Beatitude Dom Delberto Constantino Araújo de Aguiar, e Sua Eminência Reverendíssima Dom Luís Manuel dos Reis Gonçalves. Na mesma ocasião foi elevado a Arcebispo Titular de Tarso.

Decreto e Momentos da Ordenação

Brasão Episcopal

Em 08 de Dezembro de 2007, Solenidade da Virgem Maria, Rainha de Portugal, é concelebrante na Sagrada Ordenação Presbiteral do Padre-Diácono Álvaro José Miguel Gomes Duarte, recebida das mãos de S.B. Dom Paulo Jorge de Laureano (Mar Alexander I da Hispânea), Arcebispo Primaz Katholikos.

Momentos da Ordenação

Em 22 de Março de 2008, o Sr. Fernão Gomes recebe a Re-Consagração Episcopal Ortodoxa e a Transmissão de Sucessão Apostólica das mãos de Sua Excelência Reverendíssima Mar Valerian de Silio (Alfredo Mário Mingolla-Montrezza), Bispo e Eparca de Buenos Aires – Argentina, da Igreja Ortodoxa Bielorrussa Eslava, comungando da Canonicidade Bielorrussa Eslava. Durante o mesmo Pontifical receberam igualmente a Re-Consagração Episcopal Ortodoxa, Sua Beatitude Dom Paulo Jorge de Laureano (Mar Alexander I da Hispânea), e Sua Eminência Reverendíssima Dom Luís Miguel dos Reis Gonçalves.

Decreto e Momento da Ordenação

Em 12 de Abril de 2008, S.B. Dom Paulo Jorge de Laureano (Mar Alexander I da Hispânea) preside a pedido de Mar Valerian de Silio (Alfredo Mario Mingolla-Montrezza) ao Pontifical da Divina Liturgia, durante o qual Mar Valerian de Silio (Alfredo Mario Mingolla-Montrezza) Re-Consagra no Episcopado Ortodoxo e Transmite a sua Sucessão Apostólica a S.B. Dom Delberto Constantino Araújo de Aguiar, concelebrando Dom Luís Manuel dos Reis Gonçalves (Igreja Universal Ortodoxa Eslava); o Sr. Fernão Manuel Canhão Marques Gomes; e o Monsenhor Álvaro José Miguel Gomes Duarte.

Momentos da Ordenação

Entre 11 e 17 de Novembro de 2008, acompanhou S.B. Dom Paulo Jorge de Laureano (Mar Alexander I da Hispânea) na Visita Pastoral a Itália, tendo sido Co-Consagrante na Sagração Episcopal de Sua Excelência Reverendíssima Dom Massimo dell’Aquilla, Bispo Prelado Opus Domini e Regina Apostolorum, Secretário Geral da Unione Cristiana Ecuménica Regina Pacis, na cidade de Firenze, Itália.

Momento da Ordenação

Em 07 de Fevereiro de 2009, em Lisboa, foi Co-Consagrante na Sagrada Ordenação Episcopal de Dom Carlos Alberto Luconi, presidida por Dom Alfredo Mário Mingolla-Montrezza (Mar Valerian de Silio), Arcebispo de Buenos Aires - Argentina, da Igreja Ortodoxa Bielorrussa Eslava, juntamente com S.B. Mar Alexander I da Hispânea (Dom Paulo Jorge de Laureano), Arcebispo Primaz Katholikos e Presidente da Igreja Católica Ortodoxa Hispânica; Dom Delberto Constantino Araújo de Aguiar, Arcebispo de Lisboa da Igreja Apostólica Luso-Hispânica; e Dom Luís Manuel dos Reis Gonçalves, Arcebispo Titular da Lusitânia e Vigário Geral da Igreja Universal Ortodoxa Eslava.

Momento da Ordenação

Em 03 de Maio de 2009, o Sr. Fernão Manuel Marques Gomes é nomeado pelo Decreto Primacial A110/GP, como Administrador Apostólico para a América Latina, pelo Arcebispo Primaz Katholikos, ficando encarregue de todos os assuntos encarregues com as vocações, especialmente o acompanhamento vocacional e espiritual, sendo deposto do cargo pelo Santo Sínodo de 04 de Agosto de 2014.

Decreto

Entre 29 de Outubro e 01 de Novembro de 2011, acompanhou o Arcebispo Primaz Katholikos na Visita Canónica à Comunidade de São Frutuoso, na qual participa na celebração dos votos perpétuos na Ordem Monástica de São Basílio e da Consagração e Tonsura Monástica do Frei Humberto Jorge Pereira Rolo (André I da Hispânea) e do Frei Rui Manuel Batista de Assunção (Rafael I da Hispânea).

Momento da Consagração

Nessa mesma tarde preside à Ordenação Diaconal do Sr. Rui Assunção (Reduzido ao Estado Laical e Excomungado) e do seminarista Paulo Jorge Ribeiro Figueiredo, sendo assistido por S.B. Mar Alexander I da Hispânea (Dom Paulo Jorge de Laureano), Arcebispo Primaz Katholikos.

Momentos da Ordenação

No dia seguinte participa como assistente na Consagração da Igreja do Mosteiro, dedicado à Santíssima Trindade, sendo elevado à condição de Paróquia.

Momentos da Consagração

No dia 01 de Novembro de 2011, concelebra na Ordenação Presbiteral do Padre Humberto Jorge Pereira Rolo, procedendo à leitura e entrega dos Decretos Primacias.

Momento da Ordenação

No dia 04 de Outubro de 2014, durante a Reunião do Santo Sínodo Primacial foi:
-
Exonerado do Ofício de Vigário Primacial, ficando revogado pela força do Direito o Decreto Primacial A076/GP;

Decreto

- Exonerado do Ofício de Administrador Apostólico para a América Latina, ficando revogado pela força do Direito o Decreto Primacial A110/GP;

Decreto

- Revogada a Nomeação Sinodal como Sucessor Imediato no Múnus da Presidência da Igreja.

Decreto

Após esta decisão do Santo Sínodo, o Sr. Fernão Marques Gomes, permaneceu como Arcebispo Titular de Tarso e Auxiliar de Lisboa.

Em 18 de Fevereiro de 2015, Quarta-feira de Cinzas, a Sé Apostólica da Hispânea pela mão do Arcebispo Primaz Katholikos, o Sr. Fernão Manuel Canhão Marques Gomes, foi:
- Suspenso "Ad Divinis", de acordo com o Código de Direito Canónico, permanecendo no estado clerical e continuando a estar obrigado aos deveres a ele inerentes, ainda que suspenso do exercício do ministério sagrado;
- Interdito de agir pública ou particularmente, sem o prévio conhecimento da Sé Apostólica, em nome da Arquidiocese Primacial de Lisboa ou da Santa Igreja Católica Ortodoxa Hispânica, desde a presente data até à conclusão do processo que foi iniciado em 04 de Outubro de 2014.

Oficio Primacial

* * * *

Em 29 de Junho de 2015, Solenidade dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, o Sr. Fernão Manuel Canhão Marques Gomes, foi:
- Deposto e reduzido ao Estado Laical, de acordo com o Código de Direito Canónico, sendo-lhe retirado todo o Poder Ministerial.

Decreto

Após a sua deposição e redução ao estado laical, o Sr. Fernão Marques Gomes, continuou a apresentar-se publicamente como "arcebispo" e oficializando cerimónias religiosas, como uma celebração de 19 de março de 2016, em que realizou um "baptismo, crimas e eucaristia", apesar de consciente da invalidade do acto praticado e do prejuízo espiritual das pessoas envolvidas (Cân. 1079, 1082, 1087, 1091. §1.). Assim, ao realizar actos de culto próprios de sacerdotes ordenados após a sua deposição e redução ao estado laical, o Sr. Fernão Marques Gomes faz recair sobre si a EXCOMUNHÃO AUTOMÁTICA, vindo a falecer nesta situação em 25 de março de 2016.

 

Arcebispo de Lisboa e Primaz Katholikos

S.B. Dom ++ Paulo Jorge de Laureano
(Mar Alexander I da Hispânea)


Home / Biografias Gerais / Documentos Diversos


Última actualização deste Link em 02 de Abril de 2016