Igreja Ortodoxa Bielorrussa Eslava

 

Origem
A Igreja Ortodoxa Bielorrussa Eslava, também conhecida como Patriarcado Ortodoxo Bielorrusso Eslavo, é uma das Igrejas da dispersão de 1917, sendo uma Igreja Autocéfala. Esta Jurisdição deriva do Metropolita Panteleimon de Minsk (1942) e dos Sacerdotes que se exilaram nos Estados Unidos, depois de 1945. Possui Sucessão Apostólica de S.S. São Thikon de Moscovo (Vasili Ivanovich Bellavin), Iº Patriarca de Moscovo do séc. XX, passando por Mons. Eudokimov Niemolovsky (1918) e chegando a S.B. Peter A. Zurawetsky (1950) até chegar ao Iº Patriarca Autónomo Bielorrusso, nos EUA (1970), Monsenhor Rizy Rysky.

Organização
Nunca foi afirmado desde a sua origem, que a mesma seria uma Igreja de eslavos ou bielorrussos, pois nossa Ortodoxia, por ser autónoma, não é etnicista, nem filetista pois somente pretende evangelizar com os antigos e verdadeiros Dogmas, os dos Sete Concílios Ecuménicos, com o Credo, sem o agregamento do “Filioque”, dedicando-se a todos aqueles que desejam seguir a Cristo, concordando com nossa particular visão ortodoxa, tal como figura nos Estatutos e Regulamentos Patriarcais, os quais mantêm marcadas diferenças disciplinares, com outras Igrejas Ortodoxas, chamadas históricas ou orientais. Mas, ser diferentes disciplinarmente, não nos faz menos ortodoxos, antes pelo contrário, pois cremos estar mais acercados pelo ideal de Cristo e mais longe das tradições humanas. 

Canonicidade
Muitos são os fiéis ortodoxos que se perguntam sobre o significado do término “Canónico” ou “não Canónico” aplicado a uma Igreja em particular. É necessário aclarar, sem embargo, que muitas vezes se parte de conceito erróneo (e em certo modo simplista) de confundir a Canonicidade de uma Igreja com um reconhecimento Oficial da Sede de Constantinopla. Para começar, devemos afirmar que toda Igreja que cumpre fielmente com os Cánones emanados dos Sete Concílios Ecuménicos  é de facto “CANÓNICA”. Uma Igreja só é genuinamente ortodoxa quando é canónica. Por tal razão podemos afirmar que não existe, nem pode existir uma Igreja Ortodoxa Não-Canónica, pois tal facto implicaria por si mesmo uma contradição grave. A Ortodoxia, como todos sabem, repousa de maneira indissolúvel sobre os aspectos da Canonicidade: a dogmática e a administrativa, e nossa Igreja segue-se por este prisma. É importante destacar que o estatus de canonicidade de uma Igreja não é algo estanco monolítico, ou pétreo, sendo um fenómeno dinâmico, porque a Igreja, é uma Instituição ‘Viva’’ e assistida pelo Espírito Santo, mas também está governada por homens, os quais podem ser santos ou pecadores, valentes ou medrosos, prudentes ou temerários, mas sempre será a Igreja de Cristo...
A Ortodoxia é a forma “correcta” de adoração. As primeiras comunidades cristãs eram ortodoxas. Cada qual compunha um Patriarcado, e assim, cada Apóstolo fundou em Nome de Jesus Cristo uma porção da Igreja Universal, porém, ela nunca deixou de ser “UNA”. Nossa cabeça é “Jesus Cristo”, e nossos bispos são todos iguais. Não temos um Papa infalível, o Episcopado é primus inter pares. Temos um Patriarca / Primaz  que preside ao nosso Santo Sínodo, autoridade maior nas questões religiosas e dogmáticas (Stavropighial).

Patriarcas

S.S. Rizy Rysky (Mar Uladyslau Iº), Iº Patriarca Autónomo Bielorrusso

S.B. Rizy Rysky, Sacerdote Bielorrusso Ortodoxo, forçado ao exílio pelo comunismo e pela guerra, e Sagrado ao Episcopado em 20 de Setembro de 1965, por S.S. São Walter Myron Propheta (Wolodimir Iº), sendo Co-Consagrantes: o Bispo Monsenhor Christopher Cragg, S.B. Peter Zurawetzsky, Monsenhor Willian O’Neil e Monsenhor Leonard Hill, que em 07 de Novembro de 1967, outorga a S.S. Ryzy Riski a Diocese de New Hampshire e o título de Bispo de Lacônia e da Nova Inglaterra, quando já previamente em 04 de Novembro de 1967, é elevado ao Arcebispado por S.B. Peter Andew Zurawetzsky, de quem também recebeu a Sucessão Apostólica em 1965, como Patriarca do “Old Patriarcale Catholic Orthodox in América - OPCOA”.
Perante a morte de S.S. São Wolodymyr I (Walter Myron Propheta), Fundador e Patriarca da Igreja Católica Ortodoxa Americana (The American Orthodox Catholic Church), ocorrida em 18 de Outubro de 1972, S.B. Ryzy Risk, vê-se impedido a formar o Santo Sínodo Bielorrusso, para atender aos seus compatriotas que continuavam chegando exilados na América. Tendo o Santo Sínodo estabelecido o Patriarcado, devido ao seu crescimento dentro e fora dos Estados Unidos, elegeram a S.B. Ryzy Risk como o Primeiro Patriarca Bielorrusso Eslavo no exílio, sob o nome de S.S. Uladyslau Iº (Ryzy Risk).
Em 25 de Dezembro de 1965, S.B. Zurawetzky, como Presidente do Sínodo para todas as Igrejas Ortodoxas da Diáspora Ocidental e Oriental, em sua qualidade de Arcebispo de Minsk, por Tomo recebido do Arcebispo Bielorrusso, Metropolita Konstantin Jaroshevich, eleva S.B. Rizy Rysky na Igreja de Santo André, em N. Y. (USA), e por Mandato do Sínodo de Subozhnia, confirmado pelo Certificado Sinodal Ecuménico de 01 de Janeiro de 1966, outorgando o Tomo e Munus correspondente a S.B. Rizy, proclamando-o como o Primeiro Patriarca Bielorrusso Eslavo no Exílio, sob nome de S.S. Ulasdylau I, o qual dez anos depois, por razões de saúde, renuncia ao seu Patriarcado a favor de Monsenhor Vittorio Giovanni Busà.
S.S. Uladyslau Iº (Ryzy Risk), em sua condição de Presidente do “WORLD PATRIARCATES OF AMÉRICA”, organizou a administração apostólica de uma possível Igreja Ortodoxa para todo território da República Socialista da Bielorrussia, que actuaria de modo autónomo do Patriarcado em exílio. S.S. Uladyslau Iº (Ryzy Risk) chegou a fundar uma Escola de Ofícios e uma Faculdade em Bronk - Nova York, para imigrantes, seguindo os passos de S.S. São Wolodymyr I (Walter Myron Propheta), e do Arcebispo S.B. Peter Andrew Zurawetzsky, símbolos cristãos de humildade e dedicação aos desprotegidos.

S.S. Viktor Ivan I Busa (Prof. Doutor Vittorio Giovanni María Busa), IIº Patriarca Ortodoxo Bielorrusso e Iº Patriarca Ecuménico dos Eslavos

Em 26 de Dezembro de 1976, S.B. Busà foi elevado a dignidade de Arcebispo Metropolita de Byalystock e Patriarca Coadjutor da Bielorrussia, por S.S. Uladyslau Iº (Rizy Rysky), e nesse mesmo dia devido à da enfermidade terminal do Santo Patriarca e de acordo com sua soberana vontade, na Catedral da Dormição, N.Y. (USA), S.B. Busà é eleito unanimemente por todo o Santo Sínodo Bielorrusso como Sucessor e Vice-Patriarca Bielorrusso para a Diáspora Ocidental e Oriental, adoptando o nome de S.S. Viktor Iván Iº Busà (Prof. Doutor Vittorio Giovanni María Busa).
Com o falecimento de S.S. Uladyslau Iº (Ryzy Risk), o Santo Sínodo ratifica a S.S. Viktor Iván Iº (Prof. Doutor Vittorio Giovanni María Busa), elevando-o ao Sólio Patriarcal, como IIº Patriarca Ortodoxo Bielorrusso e Iº Patriarca Ecuménico dos Eslavos.
Em 20 de Janeiro de 2001, S.B. Emigidius Rizy Rysky (Yuri I) agrupa diferentes Igrejas Ortodoxas dos Estados Unidos sob uma nova Jurisdição, denominada “Igreja Ortodoxa Arquiepiscopal do Atlântico”, ficando a Igreja Ortodoxa Bielorrussa Eslava, da Diáspora Mundial, sob a única Autoridade Apostólica de S.S. VIKTOR IVAN Iº BUSÀ (Prof. Doutor Vittorio Giovanni María Busa) que actua de modo independente do Patriarcado de Moscovo e da Metropolia Russa em exílio.

Patriarcado das Américas e Eurásia da Santa Igreja Católica Ortodoxa "Sucessão Sto. Wolodymir" - IOBE/AOCC

Com o notável crescimento da Igreja Ortodoxa Bielorrussa Eslava (Patriarcado Ortodoxo Bielorrusso Eslavo), especialmente no Brasil e Argentina, foi confirmado em 2010 pelo Santo Sínodo Geral a restauração do Patriarcado das Américas e Eurásia da Santa Igreja Católica Ortodoxa "Sucessão Sto. Wolodymir" - IOBE/AOCC, que inclui desde o início a Igreja Ortodoxa Bielorrussa Eslava, sendo conhecida como Igreja Ortodoxa Bielorrussa Eslava no Estrangeiro.
Assim, S.B. Moran Mar Athanasios (Luiz António do Nascimento), Arquieparca Metropolita Primaz da Igreja Ortodoxa Bielorrussa Eslava (Patriarcado Ortodoxo Bielorrusso Eslavo), é entronizado na Cidade de São Paulo - Brasil, em 12 de Janeiro de 2013, como Patriarca Soberano da Igreja Ortodoxa Bielorrussa Eslava no Estrangeiro, sendo conhecido pelo nome de S.B. ATHANASIOS I º ALOYSIOS.
Após o falecimento de S.S. Viktor Ivan Busa em 23 de Agosto de 2013, sucede como IIIº Patriarca da Igreja Ortodoxa Bielorrussa Eslava.

 

Arcebispo Primaz Katholikos

S.B. Dom ++ Paulo Jorge de Laureano – Vieira y Saragoça
(Mar Alexander I da Hispânea)



Home / Canonicidade Bielorrussa Eslava / Conceito de Canonicidade


Última actualização deste Link em 28 de Agosto de 2013