Igreja Católica Ortodoxa Hispânica



Monsenhor Amador de Sousa José


O Reverendíssimo Monsenhor Amador de Sousa José, é natural de Loulé – Portugal. Na década de 90 converteu-se à Santa Fé Ortodoxa, tendo vindo a receber a Sagrada Ordenação de Sub-Diácono, de Diácono e de Presbítero das mãos de D. Armando da Costa Monteiro, Arcebispo Primaz da Igreja Apostólica Católica Ortodoxa. Durante o exílio forçado do D. Armando da Costa Monteiro, manteve-se em funções no Santuário de Nossa Senhora das Lágrimas (também conhecido como Santuário de Nossa Senhora Aparecida, ou da Rosa Mística), apesar dos grandes oposições de algumas “mulheres de soalheiro” que tudo fizeram para o prejudicar e humilhar. Tudo suportou, apesar da indiferença dos que com isso beneficiaram.
Entre meados de 2003 e o primeiro trimestre de 2004, a falta de vivência cristã, o ambiente hostil entre clérigos e mesmo entre fiéis, muitas vezes com o consentimento e a iniciativa do próprio Arcebispo; as disputas e as intrigas vividas dentro da Igreja Apostólica Católica Ortodoxa eram mais que muitas, o que levou ao pronto afastamento do então Padre Amador de Sousa José (em Fevereiro), e do Padre-Subdiácono Álvaro José Miguel Gomes Duarte "Marcos" (em 15 de Fevereiro).
É Membro Fundador da Igreja Católica Ortodoxa Hispânica, sendo nomeado pelo Arcebispo Presidente, Membro de pleno direito do Santo Sínodo Primacial. Sua Ordenação Presbiteral foi reconhecida como válida e lícita, pelo que foi Incardinado como Presbítero da Arquidiocese Primacial de Lisboa, pelo Arcebispo Presidente da Igreja.

Incardinação

No dia 20 de Maio de 2007, é concelebrante na Sagrada Ordenação Episcopal do Sr. Fernão Manuel Canhão Marques Gomes (Deposto e reduzido ao Estado Laical em 29 de Junho de 2015), recebida das mãos de Sua Beatitude Dom Paulo Jorge de Laureano (Mar Alexander I da Hispânea), Arcebispo Primaz Katholikos e Presidente, tendo como Co-consagrantes: Sua Eminência Reverendíssima Dom Delberto Constantino Araújo de Aguiar, e Sua Eminência Reverendíssima Dom Luís Manuel dos Reis Gonçalves.

Oração Consecratória

Em 08 de Dezembro de 2007 recebeu o título de “Monsenhor” sendo-lhe igualmente atribuído o Brasão de Armas, em reconhecimento da sua dedicação á Igreja.

Atribuição do título

Brasão de Armas

 

Em 08 de Dezembro de 2007, Solenidade da Virgem Maria, Rainha de Portugal, é concelebrante na Sagrada Ordenação Presbiteral do Padre Álvaro José Miguel Gomes Duarte, recebida das mãos de S.B. Dom Paulo Jorge de Laureano (Mar Alexander I da Hispânea), Arcebispo Primaz Katholikos.

Oração Consecratória

 


Home / Biografias Gerais / Clero da ICOH / Decretos Primaciais


Última actualização deste Link em 29 de Junho de 2015